Casa e Imóveis  |  Compras  |  Divirta-se  |  Educação e Cultura  |  Gastronomia e Mercado  |  Gente e Negócios  |  
Geral  |  Mídia e Marketing  |  Moda e Beleza  |  Turismo  |  Vida e Saúde  |  

  Geral

Cooperação com organismos financeiros beneficia garantia de crédito para micro e pequenas empresas
[23-03-2012]
Nesta semana, representantes das Sociedades de Garantia de Crédito (SGC) brasileiras e do Sebrae reuniram-se em Foz do Iguaçu, no Paraná, com lideranças do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e com membros da Confederação Andina de Fomento (CAF).
 
O objetivo do encontro, realizado no Parque Tecnológico Itaipu (PTI), foi o desenvolvimento de uma proposta de ação conjunta. Participaram do encontro cerca de 40 pessoas. Além do Paraná, existem SGC em operação e em processo de constituição nos estados do Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Paraíba e Rio de Janeiro.
 
Flavio Locatelli Junior, coordenador estadual de Acesso a Serviços Financeiros do Sebrae/PR, explica que BNDES e CAF estudam formas de apoiar as SGC do Paraná e de todo o Brasil e que essa foi uma primeira aproximação. Segundo ele, a CAF pode fornecer apoio em questões técnicas, como marco legal e a formação de fundos.
 
Os Fundos de Contragarantia, por exemplo, são formados por entidades públicas e privadas para fortalecer o Sistema de Garantias no caso de eventual insuficiência de recursos de algum Fundo de Risco Local. O Fundo de Risco Local é o volume de recursos utilizados para honrar as garantias prestadas pelas SGC nos casos de inadimplência.
 
"Com esse aporte de recursos do BNDES e CAF, as SGC podem ampliar o número de micro e pequenas empresas atendidas com a oferta de garantias e de orientação sobre as melhores condições para se tomar crédito", avalia Locatelli Junior.
 
Durante a reunião, Ciro Magalhães de Melo Jorge, gerente do departamento de política e gestão de instrumentos de garantia do BNDES, detalhou o funcionamento do Fundo Garantidor para Investimentos (FGI), que pode contribuir para o Fundo de Risco Local das SGC. Francisco Manoel Gusmão, representante da CAF, fez uma apresentação sobre a atuação e os produtos e serviços da confederação.
 
Paraná
Após o encontro geral, o Sebrae/PR coordenou uma reunião entre a CAF e as SGC paranaenses. Três delas estão em operação: a Noroeste Garantias - Sociedade de Garantia de Crédito (SGC), a Sociedade de Garantia de Crédito do Sudoeste do Paraná (GarantiSudoeste) e a Sociedade Garantidora de Crédito do Oeste do Paraná (Garantioeste).
 
No Estado, ainda há duas SCG em processo de implantação - uma em Guarapuava, na região centro-sul, e outra em Londrina, no norte. "Como o Paraná está adiantado na questão de garantia de crédito, a conversa com a CAF serviu para alinhar a parceria e acelerar o acordo de cooperação", comenta Flavio Locatelli.
 
Balanço e perspectivas
Até o momento, as SGC do Paraná já atenderam 220 empresários. O volume total de garantias cedidas pelas SGC gira em torno de R$ 2,4 milhões. As garantias permitiram que os empresários tomassem R$ 3,3 milhões em financiamento.
 
As SGC são sociedades de caráter privado existentes para complementar as garantias exigidas aos seus associados nas operações de crédito junto do sistema financeiro. Além disso, fornecem também aval técnico, comercial e assessoria financeira.
 
Esses sistemas de garantias de crédito viabilizam o acesso de micro e pequenas empresas às melhores linhas de crédito do sistema financeiro, ou seja, as que apresentam os melhores prazos, juros, carências e demais condições adequadas à necessidade das empresas.
 
A previsão é de que, nos próximos cinco anos, as SGC paranaenses atendam, em média, 7,5 mil micro e pequenas empresas e o volume de crédito a ser concedido por meio das garantias pode chegar a R$ 120 milhões.
 
CAF
A CAF é um banco de desenvolvimento criado em 1970 com operações em 18 países da América Latina, Caribe e Europa, e 14 bancos privados da região andina. A instituição atua com um modelo de desenvolvimento sustentável mediante operações de crédito, subsídios e apoio na estruturação técnica e financeira de projetos do setor público e privado na América Latina.
 
Com sede em Caracas, Venezuela, a CAF tem escritórios em Buenos Aires, La Paz, Brasília, Bogotá, Quito, Madri, Cidade do Panamá, Lima e Montevideo.





Intenção de consumo das classes A e B continua em queda
[24-07-2014]
Feira Noivas + Festas, que será aberta amanhã, projeta Londrina no mercado de eventos
[23-07-2014]
Atividade cai e aumenta dificuldade de acesso ao crédito na indústria da construção
[23-07-2014]
Projeto do registro eletrônico de imóveis avança para etapa final
[23-07-2014]
Dia dos Pais: CNDL e SPC Brasil projetam o pior resultado dos últimos cinco anos
[23-07-2014]
Jucepar passará a emitir o CNPJ de novas empresas no Paraná
[22-07-2014]
Paraná cresce 4,8% no primeiro semestre, na venda de carros seminovos e usados
[22-07-2014]
Cetip: Financiamento de veículos atinge a marca de 37 mil unidades no Paraná em junho
[21-07-2014]
Inovação na construção de casas populares terá incentivos fiscais
[17-07-2014]
Brasileiro consumiu menos a prazo durante a Copa do Mundo
[17-07-2014]

| 1 | 2 | 3 | 4 | 9 | 10 | Próxima >> Mais 5

Fale Conosco  |   Anuncie no Paranashop  |   Login  |   RSS / Newsletter